Imagem do produto

Xangô veio antes de Rousseau

Um diálogo entre os conceitos centrais da clássica obra da Filosofia em Rousseau “ Discurso da Origem da Desigualdade entre os Homens “ e o código moral das sociedades subsaarianas a partir do recorte África Ocidental – Yorubás pelo exemplo do código moral de Xangô.A palestra irá expor os conceitos básicos de Rousseau comparado com Código Moral de Xangô e seus conceitos centrais presentes nos seus Orikis. 

R$ 80,00 R$ 50,00

Descrição

Um diálogo entre os conceitos centrais da clássica obra da Filosofia em Rousseau “ Discurso da Origem da Desigualdade entre os Homens “ e o código moral das sociedades subsaarianas a partir do recorte África Ocidental – Yorubás pelo exemplo do código moral de Xangô.


A palestra irá expor os conceitos básicos de Rousseau comparado com Código Moral de Xangô e seus conceitos centrais presentes nos seus Orikis. Analisando as dinâmicas coloniais entre Europa e África á luz dos três estágios de desenvolvimento da Humanidade em Rousseau e o código moral de Xangô.


E debatendo sobre os seguintes aspectos: Relações de Hegemonia Cultural Estabelecidas – porque estudamos Rousseau mas desconhecemos Xangô ( que está na base de nossa constituição identitária brasileira afro descendente ) na Academia ?


E a partir da descolonização de nossos currículos na Academia como podemos trazer a influência de nossos valores civilizatórios africanos presentes em nosso processo civilizatório brasileiro mas ausentes na constituição original de nossas instituições públicas na reconstituição destas nossas instituições em geral (educacionais, jurídicas, culturais, administrativas etc.) para que estas venham a refletir a conseqüente transformação de Relações de Hegemonia Cultural que transforme igualmente nossas relações sociais, tornando-as mais inclusivas?

  24/06/2021 | 19:00

  Aulas não disponíveis após o curso

  Duração: 3:00

  Capacidade de até 50 pessoas

  Condições de Cancelamento: Gratuito - reembolso integral


Quem faz

Único Autor Brasileiro do Renascimento Africano reconhecido por autoridades tradicionais, políticas e acadêmicas em diversos países africanos, Autor dos demais Renascimentos do Sul (Hindu, Chinês, Oriente Médio, Sudeste Asiático, Russo, Latino-americano) Mestre em Linguagem e Educação na Universidade de São Paulo,trabalha com os seguintes temas :Mitos Africanos na Educação, Filosofia da Educação no Oriente, Sistemas Educacionais no Oriente e África, Relações Mestre Discípulo no Oriente e África, Historia da Educação e Sociologia da Educação no Oriente e na África , sobretudo na Índia, Lei 10639/03 (Cultura Africana e Afro-Brasileira na Educação) seu tema de pesquisa no Mestrado, Metodologias de Letramento a partir de gêneros da oralidade africana na alfabetização de jovens e adultos. Tem vivências e experiências em instituições religiosas e educacionais em 22 países em 5 continentes que visitou durante 9 anos (tema de uma de suas obras). Trabalho Acadêmico Reconhecido por diversas autoridades de Alto Nível na Europa (França), África (Nigéria e Benim), Ásia (Índia) e América Latina (Brasil e Argentina).


Categoria: Palestra Tags: África

Eventos relacionados