Dança de expressão negra: um novo olhar sobre o tambor

Dança de expressão negra: um novo olhar sobre o tambor

Estudos acerca do corpo em sua relação com a estética de matrizes negro africanas que visam à integrações teórico praticas, por meio de atividades de laboratórios (experimentações) e por meio de leituras e diálogos (entendimentos conceituais e críticos- interpretativos). Ênfase na investigação da dança de expressão negra propondo um novo olhar sobre o Tambor vinculado aos cincos sentidos, na escuta da embalada na perspectiva da ancestralidade africanas e afro brasileiras.

16/08/2021 - 27/08/2021

Categoria: Atividade ao vivo Tags: África

Descrição

Este curso acontecerá de 16 a 20 e 23 a 27 de agosto de 2021, no horário das 16h às 18h. 


Esse evento pode ser realizado em Inglês.

  16/08/2021 - 27/08/2021 | 16:00

Certificado com carga horária

  Aulas não disponíveis após o curso

  Duração: 20:00

  Capacidade de até 30 pessoas

  Condições de Cancelamento: Gratuito - reembolso integral


Quem faz

Professora, diretora, dançarina, coreógrafa e ativista. Graduada em Licenciatura em Dança pela Universidade Federal da Bahia. Diretora artística e coreógrafa do grupo de pesquisa Odundê, idealizadora e coordenadora do projeto Movimento em Bate Papo – Memória da Dança Bahia, criou / coordenou o Núcleo Estudos Afro-Brasileiros no qual promoveu palestras, workshops, seminários, exposições, inserindo assim as atividades da Escola de Dança à realidade cultural local, coreografou o Grupo Contemporâneo (GDC) com o espetáculo intitulado “Macambas”, lecionou durante dez anos no curso de Graduação em Dança, com ênfase na cultura de expressão negra no módulo Estudos do Corpo, tudo isso na Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia. Ao longo dos anos, pesquisa a dança negra. Objetivando uma dança de expressão negra: metodologia negra referenciada na prática e no ensino da dança, mantendo elementos dos ritos, mitos e costumes herdados. Em 1993, Edileusa ingressa na companhia Dance Brazil “Capoeira Foundation” sediada em New York, atuando como coreógrafa, dançarina e professora de dança negra. No Dance Brasil os principais espetáculos de sua autoria foram: Quilombo, Câmara, Serra Pelada (Trilha sonora especialmente composta pelo cantor e compositor Caetano Veloso) e Ginga, obtendo excelente crítica do jornal The New York Times. Através da Organização Capoeira Foundation fez residências artísticas em USA: University of Florida Gainesville, University of Temmessee, Nashvelle-Tn, University of Alabama Berminghan-AL, University Alasca e Bouder CO, New Wold Dance Theatre Miami FL, Central park Summer Stage- New York- NY. e dentre outros. Foi Coordenadora do projeto Cultural Ilê Bahia em Caver Cultural Center San Antonio TX. Participou da Comissão julgadora de concurso de blocos do Carnaval em Salvador, Circuito Batatinha em 2004, 2005, 2006 e 2007. Participou como dançarina no Vídeo- Isso é Nosso Universo- Essa é Nossa Crença - Direção Jacyra Oswald, Narrador Mãe Stella de Oxossi.