Oferta!

Yansã enlouqueceu Freud em seu Divã – Novembro

R$100,00 R$80,00

Esta palestra baseada em texto homônimo do livro Paidéia Negra (Eko Orisa) A Nova Pedagogia dos Orixás de Ivan Poli trata da importância das mulheres em momentos cruciais para o desenvolvimento das Civilizações Tradicionais na África Ocidental como fora a criação dos mercados a partir do espirito transgressor feminino.

A atividade acontece no dia 19 de novembro, das 19h às 21h

Descrição

Esta palestra baseada em texto homônimo do livro Paidéia Negra (Eko Orisa) A Nova Pedagogia dos Orixás de Ivan Poli trata da importância das mulheres em momentos cruciais para o desenvolvimento das Civilizações Tradicionais na África Ocidental como fora a criação dos mercados a partir do espirito transgressor feminino e a mudança da ordem patriarcal na atribuição dos estranhos à linhagem adentrando-se em valores civilizatórios próprios aos mitos das Ayabás ( Mitos Femininos ) assim como trata do choque entre estas sociedades tradicionais e suas sociedades matriarcais e suas visões dialéticas de mundo e a psicanálise e a visão cartesiana e linear ocidental de Mundo,  . Os temas se desenvolvem a partir de um suposto diálogo inicial entre Freud e Yansã e se adentra em temas centrais tanto para as sociedades tradicionais quanto a Psicanálise o confronto das visões do patriarcado e matriarcado na África e no Ocidente.
A atividade acontece no dia 19 de novembro, das 19h às 21h
Sobre o docente
Ivan Poli
Único autor brasileiro do Renascimento Africano reconhecido por autoridades tradicionais, políticas e acadêmicas em diversos países africanos, autor dos demais Renascimentos do Sul (Hindu, Chinês, Oriente Médio, Sudeste Asiático, Russo, Latino-americano) mestre em Linguagem e Educação na Universidade de São Paulo. Trabalha com os seguintes temas: Mitos Africanos na Educação, Filosofia da Educação no Oriente, Sistemas Educacionais no Oriente e África, Relações Mestre Discípulo no Oriente e África, Historia da Educação e Sociologia da Educação no Oriente e na África, sobretudo na Índia, Lei 10639/03 (Cultura Africana e Afro-Brasileira na Educação – seu tema de pesquisa no mestrado), metodologias de letramento a partir de gêneros da oralidade africana na alfabetização de jovens e adultos. Tem vivências e experiências em instituições religiosas e educacionais em 22 países em 5 continentes que visitou durante 9 anos (tema de uma de suas obras).
Trabalho acadêmico reconhecido por diversas autoridades de alto nível na Europa (França), África (Nigéria e Benim), Ásia (Índia) e América Latina (Brasil e Argentina).

Data: 19/11/2020

As aulas ficam disponível para acesso após o curso?

Não

Descreva as condições de cancelamento

Gratuito

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Yansã enlouqueceu Freud em seu Divã – Novembro”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This